Acesse a Plataforma

Todo gestor precisa analisar o andamento dos processos e o desenvolvimento de seu time para garantir o sucesso da empresa. A avaliação de desempenho é uma maneira eficiente de avaliar a performance dos talentos e de oferecer feedbacks sobre seus pontos fortes e de melhoria, além de reconhecer seus resultados. Entre os vários tipos de avaliação, uma muito usada pelos gestores é a avaliação 180 graus.

Neste post, você vai aprender como aplicar a avaliação de desempenho 180 graus na sua empresa e descobrir por que vale a pena investir nela. Acompanhe!

O que é e como funciona a avaliação de desempenho 180 graus?

Essa ferramenta de gestão de pessoas tem como objetivo fazer o gerenciamento estratégico dos colaboradores. Nela, os profissionais fazem uma auto avaliação e o gestor é quem dá o feedback. Isso é feito com base nas metas estabelecidas durante um determinado período de tempo.

A função da avaliação 180 graus é identificar lacunas nas competências, gerar aprendizado de forma personalizada e criar planos de desenvolvimento para os colaboradores.

Os resultados dessas avaliações são usados para conscientizar os colaboradores sobre seus pontos fortes e os que podem ser melhorados. Nesse cenário, é importante destacar os recursos disponibilizados pela empresa para apoiar o desenvolvimento dos talentos.

Como aplicar a avaliação de desempenho na gestão de pessoas?

A aplicação da avaliação 180 graus é feita por meio do levantamento de informações e da organização desses dados — que, então, são comparados em relação ao restante do time e às metas da empresa.

Para que seja bem-sucedida, o líder deve estar atento ao comportamento do colaborador, sua proatividade, engajamento, comprometimento, relacionamentos interpessoais e outros fatores relevantes.

É recomendado que a aplicação da avaliação de desempenho 180 graus aconteça com regularidade. Assim, você tem um acompanhamento próximo junto ao colaborador e os feedbacks podem ser concedidos aos poucos.

Quais os benefícios da avaliação 180 graus?

Esse diálogo efetivo entre gestor e colaborador funciona como um roteiro para que o profissional entenda que caminho precisa percorrer para seu aprimoramento. Como resultados mais relevantes, a prática consolida o percurso para uma maior satisfação do profissional, aumenta os índices de produtividade e aprimora o índice de engajamento, além de melhorar o clima organizacional da empresa.

Por que vale a pena investir na avaliação 180 graus?

A avaliação de desempenho 180 graus é um processo em que se identifica e analisa o comportamento do colaborador durante certo intervalo de tempo. Essa ferramenta possibilita analisar a postura profissional, a relação estabelecida com os parceiros de trabalho e também o conhecimento técnico do profissional avaliado.

Além disso, é uma forma de desenvolver talentos. Existem ótimos colaboradores que acabam não performando com todo o seu potencial por falta de acompanhamento. Por meio da avaliação 180 graus, é possível oferecer feedbacks constantes, fator indispensável para o desenvolvimento do time. 

Portanto, fazer a avaliação de desempenho 180 graus com os colaboradores é uma tarefa importante para o crescimento da empresa. Afinal, é por meio dos resultados obtidos que o RH pode estabelecer metas, fazer novos planejamentos, remanejar talentos e mensurar a necessidade de treinamentos.

Agora que você entendeu o funcionamento e a importância desse tipo de avaliação, assine nossa newsletter gratuita e receba nossos novos conteúdos por e-mail!

Sônia Padilha

Sônia Padilha

Especialista em Gestão de pessoas desde 2003, com formação na Fundação Getúlio Vargas, desenvolvendo projetos para pequenas e médias empresas, em diversos segmentos. Atuação de 19 anos na área de Educação, e a última experiência acadêmica como Professor Convidado na Pós Graduação da UNINOVE nas áreas Gestão Estratégica de RH e Consultoria Empresarial. Faz parte da Diretoria da ABRH-SP – Regional Sorocaba.

Veja também

Cadastre-se para receber nossas novidades em seu e-mail: