Acesso à Área do Cliente
Clima Empresarial = Resultados
06 de setembro de 2017 Sônia Padilha

Há muito se fala que o Clima nas Organizações é um fator que contribui para o Sucesso das empresas. O quanto isso é real? Como avaliar o Clima da empresa? Como cuidar do Clima da empresa? O que a empresa lucra com isso? E o custo para ter um Clima saudável?

Pense com a gente:
As pessoas são o maior diferencial das empresas e quando essas estão realmente engajadas na cultura da empresa e sentem que têm um propósito já é meio caminho andado. Quando falo de engajamento, esse sentimento deve estar presente em todos os níveis da empresa, não somente nos cargos estratégicos. Observo que as pequenas e médias empresas, que conseguem criar um Clima de bem-estar com espaço para que todos possam ser ouvidos, onde as conquistas são mais valorizadas que as dificuldades e que a comemoração é uma prática, desenvolvem um diferencial competitivo. Na medida em que, ao menor sinal de crise ou dificuldades, as pessoas se unem como num time que não quer perder o jogo e vai lutar até o fim do campeonato, podemos chamar essa força de impacto emocional, que mobiliza todos para uma postura colaborativa com sinergia para as busca de resultados.

Avaliar o Clima da empresa pode ser realizado das seguintes formas:

1- Impiricamente, por observação direta. Sendo que é por meio das ações e interações que intuímos um clima saudável ou conturbado. Apesar de ter sua validade, podemos correr o risco das emoções prejudicarem essa avaliação. Os Planos de Ação – para melhora do Clima – podem não ter o foco da real necessidade do time.

2- A ferramenta de Pesquisa de Clima é o caminho mais seguro na medida em que os participantes podem dar sua visão de diferentes aspectos da organização, de forma que não estarão expostos a críticas e, em alguns casos, retaliações. Com o resultado em mãos, o empresário pode concentrar forças nos pontos mais vulneráveis do atual cenário da sua empresa. Ou seja, os Planos de Ação terão o foco certeiro nas necessidades do time.

Os Resultados obtidos devem ser, realmente, analisados e encarados de frente. Um exemplo é de coisas que, muitas vezes, passam desapercebidas, como um pintura nova no refeitório, melhorar a localização de um bebedouro, um canal mais direto com a liderança etc., que são solicitações com baixo custo de investimento e que são rapidamente atendidas. Essas, quando realizadas, resultam no percepção da importância do time no processo, mesmo que a necessidade apontada seja algo de mais difícil resolução, devido a fatores financeiros, espaço físico e outras questões. As solicitações devem ser levadas em conta e é necessário dar a devolutiva – com transparência e objetividade – do porquê ela não poderá ser atendida. Novamente, aqui cria-se o sentimento de respeito e a percepção de que estão sendo ouvidos. E quando possível deve-se planejar formas de atender as solicitações a médio ou longo prazo.

Empresas que cuidam e cultivam o Clima ganham em produtividade, minimizam riscos de acidentes de trabalho, desenvolvem o sentimento de pertencimento e incentivam o trabalho de equipes colaborativas. Monitorar e criar um Clima Organizacional com foco em Resultados trará o time para jogar as estratégias da empresa.

Pode parecer algo caro para Avaliar o Clima da empresa, no entanto, oferecemos um solução simples, personalizada e acessível para sua empresa: criar estratégia de Clima Organizacional como diferencial competitivo e alcançar Resultados com seu time. Oferecemos também a análise e orientações de especialistas na devolutiva dos resultados da Pesquisa de Clima.


Sônia Padilha

Sônia Padilha

Especialista em Gestão de pessoas desde 2003, com formação na Fundação Getúlio Vargas, desenvolvendo projetos para pequenas e médias empresas, em diversos segmentos. Atuação de 19 anos na área de Educação, e a última experiência acadêmica como Professor Convidado na Pós Graduação da UNINOVE nas áreas Gestão Estratégica de RH e Consultoria Empresarial. Presidente da ABRH-SP – Regional Sorocaba.

O feedback tem o poder de resultar grande impacto na vida das pessoas, quanto mais capacitados para transformar o feedback em conversas assertivas, melhor será nossa atuação nos diversos papéis que desempenhamos durante a vida: filhos, pais, colaboradores, gestores…

R&S de Sucesso
Por que sua empresa precisa ter um RH estratégico?
Como perder o medo do feedback

Veja também

Espere um pouco! Cadastre-se para receber novidades de nosso blog!