Acesse a Plataforma

Há muito tempo a posição de líder não é mais conquistada pelo temor, mas sim pela capacidade de engajar os liderados. Para alcançar esse patamar é necessário estabelecer uma liderança assertiva, que consiste em criar vínculos com o seu time, estimulando todos a fazer o que é preciso para obter bons resultados, tanto para a empresa quanto para a equipe.

Ser um líder assertivo não significa estar certo ou errado. Basicamente, trata-se da maneira como você lida com os conflitos e defende as suas opiniões. Na gestão de pessoas, a assertividade é fundamental para melhorar o ambiente de trabalho e inspirar quem está ao seu redor.

Ao estarem sob uma liderança assertiva, cujo princípio inclui dar espaço para que as pessoas contribuam efetivamente com os projetos internos, podendo concordar ou discordar das ideias do líder, a tendência é que o time se comprometa voluntariamente com o sucesso do empreendimento.

Quer implementar uma liderança assertiva enquanto gestor? Então confira a seguir quais práticas adotar no seu dia a dia!

Comunique-se com clareza

O uso de uma comunicação clara e objetiva possibilita que toda a sua equipe compreenda a mensagem passada e identifique quais são as prioridades do trabalho, conforme as estratégias da empresa.

Para ser um líder assertivo, você deve expressar as suas ideias e intenções de forma tranquila, clara, eficaz e respeitosa. Também é necessário ser honesto, verdadeiro e direto com os colaboradores. Assim, é possível delegar, orientar, corrigir e reconhecer de maneira efetiva e agregadora, deixando seu time mais seguro e confiante para realizar as atividades.

Além disso, se mostre sempre disposto a ouvi-los, mesmo quando houver alguém com opiniões diferentes da sua. É importante saber discordar sem gerar inimizades, bem como argumentar para convencer os colaboradores mais resistentes a comprar as suas ideias. Quando as expectativas não são alcançadas, o ideal é reunir os responsáveis e traçar um novo alinhamento para a sua equipe.

Trabalhe com feedbacks assertivos

O feedback é uma ferramenta indispensável para auxiliar um colaborador, ou o time inteiro, em um processo de desenvolvimento de competências desejadas ou de mudança de comportamento. Assim, estimula-se o bom desempenho individual e coletivo, e o alcance de resultados satisfatórios.

Contudo, para dar e receber um feedback assertivo e construtivo, lembre-se de embasá-lo em dados e fatos observados pessoalmente, além de ser mais enfático nos aspectos comportamentais positivos, e apontar como a atividade pode ser realizada com maior eficácia na próxima vez.

Além de avaliar os liderados, também é importante reconhecer aqueles que se destacam para incentivá-los a dar o seu melhor continuamente.

Descentralize o poder

Se apenas o líder tiver o poder de dizer o que e como deve ser feito, ao longo do tempo os seus colaboradores podem ficar desmotivados. Isso porque a tendência é que não se sintam parte relevante dos processos da empresa e, como consequência, tenham uma significativa queda na produtividade.

Portanto, para evitar essa situação, procure compartilhar as metas e os planos com o seu time, solicitando a participação e ajuda de todos para encontrar soluções em conjunto. Essa atitude simples faz com que a sua equipe se sinta valorizada e uma peça importante para o sucesso da organização.

Foque na resolução de conflitos

Independentemente do porte ou área de atuação, toda a empresa lida com conflitos no seu cotidiano. O que faz a diferença é a forma como você decide enfrentá-los!

Sendo assim, para uma liderança assertiva, promova um ambiente favorável para a colaboração de ideias, cocriação, sugestões e opiniões. Mantenha o seu foco no desenvolvimento de melhorias dos processos e soluções dos conflitos diários, encarando-os como algo construtivo e natural.

Em suma, é preciso buscar soluções e não culpados! Um bom líder vai sempre se posicionar de modo convincente, decidido e imparcial, sem prejudicar os relacionamentos com os colaboradores. Isso faz com que a empresa poupe tempo e recursos, uma vez que os erros são corrigidos rapidamente, evitando que se alastrem e comprometam os seus resultados.

Tenha empatia

É imprescindível que você desenvolva a sua própria inteligência emocional para lidar bem com a pressão por resultados, conflitos no time, sentimentos e expectativas de todos os envolvidos e demandas que surgem de última hora. Quem tem autocontrole e sabe administrar as suas emoções consegue ser empático, ou seja, se colocar no lugar do outro em todas as circunstâncias.

Para tal, tenha paciência e serenidade para enfrentar as emoções negativas da equipe, dando liberdade para que ela possa se expressar, além de identificar os sentimentos e desejos do outro, evitando preconceitos e julgamentos, mesmo que discorde do seu posicionamento.

Isso também implica em transmitir segurança para transformar ameaças em oportunidades de melhorar o seu desempenho, e discutir uma adversidade até encontrar uma solução que consiga atender aos interesses da organização e dos seus colaboradores.

Seja humilde

Mantenha a humildade, equilibrando a busca por soluções com a satisfação do seu time é a combinação perfeita para uma liderança assertiva. Tenha em mente que as empresas são compostas por pessoas e quanto mais elas forem reconhecidas e valorizadas, mais satisfeitas e felizes ficarão com a sua gestão. Assim sendo, melhores serão os resultados profissionais, dedicação ao trabalho e respeito pelo líder.

Portanto, não trate os seus colaboradores com mera mão de obra, procure observar quais são os seus anseios dentro da organização, valores e habilidades, e combine-os com os objetivos do empreendimento. Dessa forma, todos ficarão satisfeitos a cada conquista obtida!

Compartilhe os seus conhecimentos

Com medo de serem ultrapassados, muitos líderes deixam de compartilhar os seus conhecimentos e experiências, o que os impedem de descobrir novos talentos nos seus colaboradores e, consequentemente, de aproveitá-los em benefício da empresa.

Cultive o hábito de compartilhar aquilo que você sabe e pode ajudar na realização das tarefas e na convivência da organização. Essa conduta agrega valor e contribui com o crescimento e evolução progressiva da equipe.

Por meio de uma liderança assertiva, que é exercida com base na confiança e respeito conquistados junto aos liderados, você ganha maior poder de convencimento, persuasão e influência —, fatores cruciais para tirar o que há de melhor em cada colaborador e, assim, atingir o objetivo principal da empresa.

Gostou deste post? Quer compartilhar algo sobre o assunto? Deixe o seu comentário abaixo!

Sônia Padilha

Sônia Padilha

Especialista em Gestão de pessoas desde 2003, com formação na Fundação Getúlio Vargas, desenvolvendo projetos para pequenas e médias empresas, em diversos segmentos. Atuação de 19 anos na área de Educação, e a última experiência acadêmica como Professor Convidado na Pós Graduação da UNINOVE nas áreas Gestão Estratégica de RH e Consultoria Empresarial. Presidente da ABRH-SP – Regional Sorocaba.

Veja também

Cadastre-se para receber nossas novidades em seu e-mail: